terça-feira, 5 de julho de 2011

Todo dia é dia, toda hora é hora

Uma senhorinha nossa amiga, com quem só encontramos nos finais de semana, veio parabenizar minha irmã no domingo anterior ao aniversário dela. “Mas o presente eu só trago no domingo que vem”, completou. “Dizem que não é bom a gente comemorar antes do aniversário, né?”

Dizem; e até hoje não entendi por quê. Soa supersticioso e medievalmente culpado: ah, verme! achaste que já merecias celebrar mais um ano, cantaste vitória antes de cruzares a faixa? Audácia! Noventa chibatadas e um atropelamento na véspera do grande dia para deixares de bestice! – é crível? Talvez se vivêssemos sob a batuta dos rancorosos deuses do Olimpo, que, sem NET Virtua, não tinham mais que fazer além de vingar-se de cada mijadinha fora do penico. Talvez nem.

A sermos honestos, cada vividinha dentro do planeta é coisa digna de parabéns, parada militar e banda com trombones. Não arredondou mais um níver? Realmente sofreu o famigerado atropelamento de véspera? Vá lá; porém celebrou de antevéspera e morreu ainda com os acordes do Celebrare na cuca. Não sei para você, mas a mim me parece consideravelmente mais divertido do que ter morrido de qualquer maneira – apenas sem os acordes, balões e brigadeiros que, por razões óbvias, não ficariam acumulados para mais convenientes datas. Avareza de alegria investida em fundo perdido.

Festeje, sim – antes, durante e depois do natalício, que para esse saldo não tem conta-poupança (mas o cartão tem limites: nada de exaltações!). Se não é níver cravado, há sempre Dia do Telefonista, da Marchinha de Carnaval, 517 anos do Tratado de Tordesilhas, 9 do primeiro beijo no cinema, festa de Santo Atanásio ou Santa Eudóxia. Dia da Árvore? opa: piquenique com a galera no Jardim Botânico. Contratação em novo emprego? solta uma churrascada para cantar a fartura! Aniversário de extração da amídala? um sundae em memória da pobre. Junho, julho, agosto? já é! bandeirinhas coloridas na sala! Anote aí a prescrição sem data de validade: uma gratidãozita de 60 em 60 segundos. Beba com roupa nova – ou Roupa Nova –, saia rodada e goles de paraíso.

(Senão eu vou mandar a Cuca te pegar.)

8 comentários:

Filipe Dias disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Filipe Dias disse...

Eu não sou superticioso, não pode, da Azar.


gostei deste texto, temos mesmo que tomar cuidaod com a cuca, e o Saci também

Lucas Adonai disse...

Muito bom ;D

bia santos disse...

Tenho um colega de trabalho que fez aniversário no último domingo dia três...

Concordo que carinho é bom antes, durante e depois...

No entanto ele falou que não era bom ser parabenizado antes, porém dessa eu não sabia...

Finalmente eu descobri que nem sou tão supersticiosa assim...

Maciel disse...

Oii estou te seguindo!
Ficarei muito feliz se vc visitar o meu blog e me seguir tb :)
Bjs

http://conversadeblogueiro.blogspot.com

Andy A. disse...

As supertições são sempre muito engraçadas , mas a gente até leva a sério algumas rsrsrs


http://andyantunes.blogspot.com/

felipe leon disse...

Não dá para deixar passa em branco essa data .


http://fleonandthecity.blogspot.com/

Dannielle disse...

A cada postagem que leio gosto mais do seu blog.