quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Soneto de aniversário

(Aos 98 anos do nosso Vinícius)

De tudo ao Poetinha hoje cito
Antes (e com tal zelo na homenagem
Que mesmo em face de melhor postagem
Dele se encante mais meu Lugarzito).

Ah! se soubesse que quando ele passa
Nas páginas de um livro folheado,
O seu poema é mais que um balançado
Que bota céu e mar cheios de graça!

Eu sei que vou amá-lo em cada linha,
Pela beleza que não é só minha,
Pela alegria, sol, luar, ternura.

Um brinde à voz que em tanto amor nos ama!
Que é imortal por ter-nos posto chama,
Que é infinito enquanto a gente dura.

4 comentários:

Elaine Bandeira disse...

O Vinícius vai ser eterno!

um grande homem e um grande poeta!
bjos

http://floresmaquiadas.blogspot.com/

Wanderly Frota disse...

Que linda homenagem.
Eterno pelas palavras belas e marcantes!

beijinhos

Lillo Dogmez, o licantropo. disse...

MUUUUITO LEGAL O SEU SONETO. UMA HOMENAGEM PERFEITA. PARABÉNS!

DEPOIS DE LER O COMENTÁRIO, PASSA LÁ:
http://thebigdogtales.blogspot.com/2011/10/india.html

Franciele Câmara disse...

Sempre lembraremos dele, escrevia coisas maravilhosos.
Obrigado por visitar o Apaixonadas por Cosméticos, volte sempre.
http://apaixonadasporcosmeticos.blogspot.com